Como posso pedir a Deus para se vingar dos meus pais?
Como posso pedir a Deus para se vingar dos meus pais?

Como posso pedir a Deus para se vingar dos meus pais?

Ouça aqui e compartilhe

Como posso pedir a Deus para se vingar dos meus pais?

How can I ask God to get revenge on my parents?

Sem Nome Responde

A resposta direta e imediata para essa pergunta é, pode pedir, mas não recomendo. Mas quando alguém faz esse tipo de questionamento, acredito que mais importante do que dizer que não, é buscar fazer-se entender o porquê não. Para isso, vamos tentar dividir sua pergunta em três elementos principais, sendo eles: o pedido a Deus, a vingança e os pais. 

O pedido a Deus: Pedir algo a Deus é em sua essência uma oração que se faz a Ele, toda oração que se faz a Deus de coração sincero é ouvida, no entanto nem sempre nossa oração será agradável a Deus, pois como nos alerta São Paulo em sua carta aos romanos, “Não sabemos o que havemos de pedir para rezarmos como deve ser” (Rm 8, 26), assim sendo, mesmo que seja um desejo sincero, Deus não o atenderia se o resultado desse atender seja deixar-nos mais distante dEle. 

Nossa oração precisa sempre ser fonte de amor em qualquer circunstância, como nos diz  Santa Teresa do Menino Jesus,

“Para mim, a oração é um impulso do coração, é um simples olhar lançado para o céu, é um grito de gratidão e de amor, tanto no meio da tribulação como no meio da alegria”. 

(Santa Teresa do Menino Jesus)

A vingança: A vingança, por natureza, não combina com o modo de vida daquele que segue a Cristo, que seguindo seus ensinamentos espera-se que diante da ocasião propicia da vingança ofereça a o perdão (Lc 6,27-38). Mas para entender de maneira mais prática a ocasião em que se deve perdoar e onde aplicar punição firme sobre o pecado do outro, pego emprestado a solução do Doutor Angélico da Igreja, 

“Deve–se lhe tolerar o pecado se não puder ser punido sem escândalo da multidão; salvo se o seu pecado fosse tal que prejudicasse ao povo, espiritual ou temporalmente mais do que o escândalo resultante da punição. (…) A vingança é lícita e virtuosa na medida em que visa coibir os maus – Ora, os que não têm amor pela virtude são coibidos de pecar pelo temor de perderem certos bens que amam mais que os adquiridos pelo seu pecado; do contrário, o temor não faria evitar o pecado. Por onde, devemos vingar os pecados, subtraindo aos homens os bens que eles mais amam. Ora, os bens que mais eles prezam são: a vida, a integridade do corpo, a liberdade própria e os bens exteriores, como as riquezas, a pátria e a glória.” 

(Santo Tomás de Aquino – Questão 108: Da vingança.)

Assim, fica claro que existe sim momentos em que se faz necessário pensar na vingança como uma punição necessária para afastar as pessoas do pecado ou evitar que outros, seguindo pelo menos caminho daqueles que já caíram em desgraça também o façam. No entanto, é preciso observar que a vingança como mero instrumento de revanchismo ou ímpeto de pagar o mau com um outro mau não deve ter espaço na vida do católico, para esses casos só há um caminho agradável a Deus, o perdão. 

“Aceitar e conceder o perdão torna possível uma nova qualidade de relações entre os homens, interrompe a espiral do ódio e da vingança e rompe as cadeias do mal, que prendem os corações dos adversários.” 

(São João Paulo II)

Os pais: O desejo de Deus é que os pais amem os filhos e os filhos amem os pais, como nos ensina o quarto mandamento. O respeito pelos pais (piedade filial) é feito de reconhecimentoàqueles que, pelo dom da vida, pelo seu amor e seu trabalho, puseram os filhos no mundo e lhes permitiram crescer em estatura, sabedoria e graça. 

Infelizmente, as desordens vividas em vários níveis da vida humana, nos coloca diante de famílias que não vivem a plenitude da piedade filial e muitas que estão distantes disso a ponto de sequer parecer uma família. Mas nesse ponto, cabe a nós, os filhos, lembramos do conselho a nós dirigido.

“Honra o teu pai de todo o teu coração e não esqueças as dores da tua mãe. Lembra-te de que foram eles que te geraram. Como lhes retribuirás o que por ti fizeram?”

 (Sr 7, 27-28)

Por mais desordenada que seja a nossa vivência com nossos pais, eles nos deram a vida, motivo pelo qual temos a oportunidade de estarmos junto a Deus na vida eterna e isso, nenhum filho pode retribuir sem buscar incessantemente viver a piedade filial. 

Base na qual, vivemos em família para constituir no futuro nossa própria família, pois o respeito filial favorece a harmonia de toda a vida familiar; engloba também as relações entre irmãos. O respeito pelos pais impregna todo o ambiente familiar. “A coroa dos anciãos são os filhos dos seus filhos” (Pr 17, 6). “Suportai-vos uns aos outros na caridade, com toda a humildade, mansidão e paciência” (Ef 4, 2).

Como posso pedir a Deus para se vingar dos meus pais?

Eu respondo, não peça, pois Deus jamais atenderia um pedido de oração que o afastasse da vida eterna, havendo outras maneiras de corrigir aquele de quem você deseja se vingar, pois é no amor filial que ele deseja salvar a você e aos seus pais. 

Sei que não é fácil, sei que não é simples, se queres pedir vingança a Deus para os seus pais, peça a Ele a força necessária para desaparecer com esses profundos machucados que tens, fruto dessa vivência familiar desordenada e retribuir com amor, talvez você não compreenda agora, mas Deus um dia irá te revelar a obra do amor Dele. 

Percebam Deus nos pequenos detalhes.

Graça, Paz e Misericórdia.

Sem Nome Responde é uma sessão onde buscamos responder perguntas que são enviadas a nossa redação, nos envie suas perguntas ou contribuições para as respostas por nossos canais de comunicação, ficaremos muito felizes em nos conectar com vocês. 

Não temos aqui a intenção de dar respostas definitivas para nenhuma pergunta, apenas buscamos a luz da sabedoria da Santa Mãe Igreja dar um passo na direção da verdade. Correções nas respostas podem ser realizadas a qualquer tempo, sempre que a luz dos ensinamentos da Santa Mãe Igreja nos permitir.

Deixe uma resposta