Ouça aqui e compartilhe

Quanta fé seria preciso

Para ser chamado Dídimo?

Não seja incompreensível

Ao dizer “precisava ter visto”

Lembra que naquela noite

Dos judeus eles tinham medo

Trancados todos em segredo

A Paz entrou sem ser esperada

Ao apresentar as chagas

Acolheram a Tua palavra

E a missão que a eles entregara

Pobre coragem azarada

Que fora das trancas estava 

Era o único e não sabia 

Que a visita da Paz ocorria

E naquele momento a perdia 

Boa nova! Alegria!

Vimos a Paz! A nós Ele envia

O quê te fiz o meu Senhor?

Sou o único a quem 

Não se apresentou

Somos amigos 

Sou um dos Teus 

Por que motivo 

Não me escolheu? 

Uma semana de agonia 

Acreditar, ele não conseguia 

“A Paz esteja convosco”

A palavra da Paz, ele ouvia 

“Meu Senhor e meu Deus!”

Foi o que ele respondeu

Professando sua fé O reconheceu como Deus 

O Senhor o adverteu

Bem aventurado aquele 

Que não viu e creu

Por favor não o entenda mau 

O Dídimo é um apostolo legal 

Não o julgue por uma semana

Em que ele esteve mal 

A paz que ele carregava

Espalhou sem outra igual

Convertendo em bem aventurados

Os que não O viram

Que legal!

Foi o primeiro cristão na Índia 

O que você acha? Nada mau? 

Então pense um pouco nisso

Responda se for possível 

Quanta fé seria preciso 

Para ser chamado Dídimo?

Percebam Deus nos pequenos detalhes.

Graça, Paz e Misericórdia.