Ouça aqui e compartilhe

Imagine que tristeza seria 

Esforçar-se para parecer 

Viver a serviço do outro 

Preocupado apenas com você

A tristeza se tornou moda 

Criam músicas e coreografias 

Abundante arte de outrora

Hoje confunde-se com pornografia 

Banalizaram a maternidade 

Este belo designo de Deus 

Até quem não confia na Bíblia 

Pode dizer que percebeu 

O problema que entre nós

Já se estabeleceu 

Parece que é muito tarde 

A sociedade já se corrompeu

Ofereceram liberdade 

Sexual e reprodutiva 

Muitos aceitaram rápido 

Sem perguntar o que vinha em seguida

Mais tarde perceberam

O alto preço sendo cobrado

Era preciso pagar com a vida

Seria um preço muito alto

Gerar uma vida é uma dádiva 

Graça oferecida por Deus

Mas se é preciso pagar com a vida

Antes ele do que eu

Jesus entregou sua vida

Erguido no madeiro da cruz

Para redimir nossos pecados

Mas Ele escolheu ser luz 

Pagar com vida nesse caso

Não é algo assim tão belo 

O que fazem é assassinato

Arrancam a vida de um feto

E assim seguem sensualizando

Oferecendo euforia 

Enganando ainda muitos 

Que não sabem como é a alegria

Dessa mesma liberdade 

Nascem tantos outros frutos 

Eles chegam fora de hora 

Mas não são mais vistos como absurdos 

Alguns dizem indesejada 

Outros chamam de acidental

Sobre estes termos, peço licença 

Espero que não me leve a mal 

Podemos usar o racional 

E ver que em nome da “liberdade” 

Perderam capacidade 

De raciocínio intelectual 

Você é livre para escolher 

Se quer ter filho ou não 

Mas acidente indesejado

É nosso sorvete caí no chão

Imagine como seria 

O momento da anunciação 

Se a Virgem Maria diante o anjo

Simplesmente dissesse não?

Não precisa pensar sobre isto

Busque apenas compreender 

A verdadeira liberdade 

É Deus deixar você escolher 

A verdadeira alegria 

Está em poder dizer

Que do seio da Virgem Maria

Sentimos a alegria nos envolver 

Maternidade é mais que ser mãe

É uma vida proteger 

Não pense a maternidade

Como algo de que se deve correr

Permita que ela aconteça

Da maneira que Deus discerniu

No tempo do matrimônio 

Ao lado de um pai servil 

A beleza da maternidade 

Não está em deixar nascer 

Tão pouco pode ser encontrada 

Na capacidade de escolher 

A maternidade é a única 

Relação que se consolida

Na responsabilidade paterna 

Verdadeira alegria fraterna

A exemplo da Sagrada Família.

Percebam Deus nos pequenos detalhes.

Graça, Paz e Misericórdia.