Ouça aqui e compartilhe

Não seria interessante 

Se ao menos um instante 

Nós enchêssemos de coragem 

Para gritar uma grande verdade?

Vejam como aconteceu 

Quando o cego Bartimeu 

Diante da multidão 

O Cristo reconheceu 

Pobre cego e mendigo 

Que pouco era ouvido

Sabendo que Jesus passava 

O apontou como o Cristo 

“Filho de Davi, tem piedade de mim!” 

Gritava o pobre Bartimeu 

Revelando um Jesus que é Cristo 

Filho Unigênito de Deus 

Muitos o mandaram calar

Mas Jesus o mandou chamar 

Com um salto O atendeu

Quando ouviu que Ele o acolheu 

“O quê queres que eu te faça?”

Perguntou Jesus já sabendo

Que Bartimeu queria a graça

De ver Jesus o Nazareno 

“Mestre, que eu veja”

Pediu ele sem demora

Foi por tamanha fé 

Que Jesus o fez ver na hora 

Mas para onde iria ele

Depois de contemplar Jesus 

Jamais voltou para a calçada

Continuou seguindo a Cruz

Percebam Deus nos pequenos detalhes.

Graça, Paz e Misericórdia.