Movendo-se pelo mundo como católico
Santa Maria, Mãe de Deus
Santa Maria, Mãe de Deus

Santa Maria, Mãe de Deus

Ouça aqui e compartilhe

Humildade é uma virtude

Enraizada na consciência 

De quem a Deus obedece 

Sem realizar exigências 

Veja se você reconhece 

O maior exemplo disso

Ofertou-se escrava do Senhor

Tua Palavra nunca havia descumprido

Inexplicável reação 

Para quem não tem no coração 

O conceito mais simples 

De humilde servidão 

Gerou o Deus menino 

Santa e sagrada gestação 

Mas nem ao seu marido 

Destacou a tal condição

São José, seu justo esposo

Obteve participação 

Do anjo do Senhor em sonho 

Pois sua esposa do silêncio não abriu mão

Depois do Menino nascido

Ela em silêncio contínuo

Acalentava o Deus menino 

Com o carinho de suas mãos

Um paradoxo infinito

Ter nos braços o Verbo Divino

Frágil bebê pelo qual 

O universo continua existindo 

Ao fazer a vontade de Deus

A escrava se tornou mãe de Deus

Não porque era nobre 

Mas porque a humildade prevaleceu 

Ela não se promoveu

Quando a história apareceu

Recebeu os humildes pastores

Que procuravam o menino Deus

Curioso comportamento 

De quem aceitou a missão

De ser a mãe do Salvador 

Guardava tudo em seu coração 

Tudo que falavam Dele 

Ela ouvia com atenção 

Em silêncio meditava

Servindo com dedicação 

Tornou-se mãe na eternidade

Para toda a humanidade

Por transbordar de humildade

O seu imaculado coração.

(Lc 2,16-21)

Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós!

Percebam Deus nos pequenos detalhes.

Graça, Paz e Misericórdia.

Deixe uma resposta