Ouça aqui e compartilhe

Durante os meses de outubro e novembro eu acompanhei com interesse uma curtida no Instagram, a fatídica curtida vocês também devem ter ficado sabendo, pois ela foi intensivamente divulgada. A primeira vez que tive contato com a notícia de que o perfil do papa Francisco no Instagram tinha curtido uma foto de uma modelo brasileira eu me interessei de imediato, mas onde todos queriam saber quem era a modelo e falavam sobre a sensualidade da foto e esperavam ansiosos para saber como a Santa Sé se pronunciaria a respeito. Eu queria saber mais sobre a possível falha de segurança ou o possível bug explorado na plataforma. 

Sim, foi isso mesmo que você leu, quem conhece o meu dia a dia de trabalho e assuntos de interesse já espera que eu começasse a olhar para a tal curtida em busca de algo assim. Mas todas as vezes que alguém me pedia para escrever um sobre a respeito e começávamos a conversar, não era sobre isso que eles estavam falando. 

Comecei a ler os blogs, sites de notícias, comentários em redes sociais a respeito e claro, a conversar com mais pessoas sobre essa curtida. As opiniões divergiam bastante, pessoas que acreditavam que o próprio papa teria curtido a foto sem querer, outras que acreditavam que a curtida era fruto do descuido de algum padre pervertido próximo ao papa e as mais absurdas afirmações que faziam fácil, fácil o cristão cair em pecado. 

Também tinha muita gente tirando por menos, para eles não tinha nada demais na foto, só porque era uma mulher em trajes mínimos, a final não estamos mais na idade média. Independente de quem curtiu a foto, é só uma foto. Dentre eles comumente apareciam os casadores de padres, para usar o fato como mais uma justificativa em seus argumentos do porquê deveria ser permitido que padres se casem. Eu sinceramente tive um pouco de medo dessa linha de raciocínio, já estava pensando em deletar meu Instagram, curtir uma foto de uma mulher já é motivo para casar-se (pode rir porque estou rindo kkkkkkkk). 

Como a internet não é feita apenas de lunáticos, dentre os mais lúcidos estavam aqueles que viam a curtida como um descuido de alguém da equipe de comunicação da Santa Sé ou algum bug da plataforma que poderia estar relacionado ao próprio Instagram ou a alguma aplicação de terceiros que fosse utilizada para gerir a conta. 

Mesmo após a Santa Sé ter instaurado uma investigação para determinar se a curtida tinha origem interna e auditar as ações on-line e os logins de toda a equipe, sim isso mesmo, toda a equipe, desculpe se você ainda tinha no seu imaginário que o papa ficava com o celular na mão tuitando e postando fotos o dia todo, pois ele não faz isso. Precisamos lembrar que o papa é o bispo de Roma, o chefe de estado do Vaticano e sucessor de São Pedro como responsável por guiar o rebanho até Cristo, tendo essas responsabilidades acho que tudo bem alguém postar foto para ele né? Ou vocês esperavam o quê de um sacerdote que afirmou que não assiste televisão a mais de 25 anos?

O fato é que depois de todos os procedimentos internos não encontraram nada, a Santa Sé notificou oficialmente o Instagram em busca de respostas. Mas enquanto isso nós católicos fazemos o quê? E se nós pensássemos…

“Pensai nisto, pensai em tantas famílias que estão em dificuldade neste momento, porque não têm trabalho, perderam o emprego, têm um ou dois filhos…; e às vezes, com um pouco de vergonha, não deixam que isto se venha a saber. Mas ide vós procurar onde há necessidade! Onde está Jesus, onde Jesus está em necessidade. Fazei isto!” 

Que ideia fantástica se pensássemos um pouco nisso, próximo domingo vamos adentrar no período do advento, por que não nos preparamos para o natal do Senhor dessa forma? Não se preocupe, se você decidir fazer isso, você não será o único, pois essa ideia não é minha, não é um convite meu, esse é um convite do papa Francisco, sim o mesmo do perfil da tal curtida. 

Esse convite foi feito após a oração do angelus, na praça São Pedro, no domingo passado, dia 22 de novembro, mas talvez você não saiba disso porque o convite não recebeu a mesma atenção da mídia que a curtida. Mas calma que a culpa não é da mídia, a culpa é minha e sua. Não devemos esperar que a mídia secular promova isso da mesma maneira que promove possíveis problemas e escândalos da igreja, não estou dizendo que os problemas da igreja devam ser varridos para debaixo do tapete, pelo contrário eles devem ser resolvidos. Quando o papa Paulo VI afirmou, 

“A fumaça de Satanás entrou na Igreja”

papa Paulo VI

Acredito que ele não queria que disfarçássemos o cheiro, mas que fossemos a origem e combatêssemos. Contudo esperar que uma mídia que por muitas vezes sobrevive dos cliques que noticiar a miséria humana gera venha defender a igreja, é o mesmo que esperar que o anticristo adore Jesus Eucarístico de livre e boa vontade, simplesmente não vai acontecer.

Mesmo assim eu repito, a culpa é nossa, não deles. Porque nós católicos fomos em massa ao perfil da modelo que ganhou muita visibilidade com o incidente, porque nós católicos gastamos nosso tempo analisando se havia algo de errado ou não com a foto que foi curtida, porque nós católicos fomentamos isso discutindo absurdos sobre a igreja, sobre o papa e sobre os possíveis envolvidos dos quais não sabemos nada e mesmo assim continuamos a falar. 

A mídia só tem a força que tem, porque nós demos essa atenção toda a ela, mas infelizmente, muitas vezes, esquecemos de dar atenção as palavras do papa que fala direto a nós. Qual foi a última vez que você conversou com sua família sobre uma homília ou sobre um angelus rezado pelo papa? Qual foi a última vez eu você trocou umas mensagens naquele grupo da sua paróquia, da pastoral ou do movimento que você participa ou até com seus amigos e vizinhos, sobre uma catequese do papa ou sobre uma de suas cartas?

Talvez você lembre bem quando isso aconteceu e tenha acontecido recentemente, rogo a Deus que sim, mas se não foi, sugiro para o bem da sua alma e de todos a sua volta que comece a fazer isso. Se não pode fazer, dedique-se a atender o pedido feito pelo papa em seu primeiro momento diante dos fiéis, reze por ele, pare de ficar espalhando a fumaça de satanás por aí e de ficar agindo como se estivesse torcendo para que a igreja dê errado ou para que o papa caia. Sua mínima obrigação como católico é defender e lutar pela igreja e não ficar questionando a autoridade papal, existe meios para o tal, mas acredite não é nas internet.

Sei que vivemos em um tempo de muito imediatismo, onde todos querem expor sua opinião, muitas vezes sem sequer ter tempo de compreender os fatos e as consequências deles, como nos diz o próprio papa Francisco,

“Há tanto barulho no mundo. Aprendamos a estar em silêncio dentro de nós mesmos e diante de Deus.”

papa Francisco

Por mais que nessas horas sintamos vontade de falar e de nos impor, é recomendável nessas situações seguir o exemplo de Maria, como relata o evangelista Lucas,

“Maria guardava todas estas coisas, meditando-as no coração”.

(Lc 2, 19)

Ouçamos os conselhos de Maria em nossos corações para não correr o risco de espalhar ainda mais a fumaça de satanás por todo lugar, melhor em silêncio meditar no coração, do que abrir a boca sem pensar e sufocar com a fumaça. 

Percebam Deus nos pequenos detalhes. 

Graça, Paz e Misericórdia. 

Foto: https://terranova.cv