Ouça aqui e compartilhe

É chegado o grande dia 

Do seio da Virgem Maria

Vem ao mundo Ele 

Fonte da nossa alegria 

O que me põe em desalento  

É ver nesse momento 

O menino Deus encarnado 

Esquecido e abandonado 

Não foi falta de onde sentar

Já que diante do altar 

Poucos pude encontrar 

Não foi medo de aglomerar 

Pois as cadeiras estavam cheias 

Mas só na porta do bar

Não foi desconhecimento

Mesmo antes de seu nascimento 

Os profetas já anunciavam 

Sua vinda e seu sofrimento 

Não foi falta de tempo

Caso não tenha conhecimento 

O seu feriado de dezembro 

É fruto desse nascimento 

Não foi falta de convite

Todos somos convidados

A amar porque somos amados

Um amor de vida inteira 

Em nossa vida passageira 

Ele nos oferece a chance 

De sermos com Ele eternos

Como éramos antes

Nascer com Ele no Natal

Para com Ele no final 

Sermos feliz nos braços 

De uma mãe sem outra igual

Para isso um pedido 

Que Ele faz no nosso íntimo 

Como avisou a seu pai dormindo 

Acolhe a mulher e o menino. 

Percebam Deus nos pequenos detalhes.

Um natal de graça, paz e misericórdia.